◤ Santiago: que transporte usar?

Como eu já disse anteriormente, Santiago é uma cidade muito segura. Temos assim várias opções de transporte que deixam nosso passeio bem democrático kkkk

METRÔ

Todos os turistas que eu pude conversar em Santiago usavam o metrô como seu transporte favorito (alguns usavam táxi ou uber a noite pela comodidade).

tarjeta bip.jpg

O primeiro passo é comprar sua Tarjeta BIP, que custa $1.500. Depois você pode recarregar quanto quiser (de $1.000 a $25.500) em qualquer estação de metrô. O legal é que o metrô e o ônibus são interligados. No site da Transantiago você pode simular seus passeios. Ele te diz o tempo estimado, em quais estações descer e quanto vai te custar. Os preços variam conforme o horário e dia da semana.

metro.png
As tarifas para sábado, domingo e dia festivo correspondem a hora valle

Você pode ver nesses dois mapas que as linhas de metrô te deixam em praticamente todos os lugares que você quiser ir (coloquei no meu roteiro as rotas que você precisa fazer para cada lugar)

2014-red-metro.jpg

Veja o mapa das linhas de metrô ampliado e em melhor resolução aqui

page_1.jpg

Dica: Quando chegar em Santiago, pegue no aeroporto (logo antes de falar com o PDI tem uma estante) esse mapa turístico da Turistik (vai ser útil nos primeiros momentos sem internet).

Uma turista que conheci em um tour foi vítima de furto no metrô (assalto lá é algo incomum: quando levam alguma coisa sua é sem você perceber). Como sou cismada e nunca tinha pegado metrô na vida (como dizemos na Bahia: tabaréu kkkk), deixei minha tarjeta BIP de presente pra meu anfitrião e fui ser feliz sem o metrô.

ÔNIBUS

Na cidade os ônibus rodam pela empresa Transantiago. O metrô é tão bem interligado que do ônibus você só precisa saber que existe. Próximo!

TÁXI

incon taxi.png
Já falei um pouco sobre táxi em Santiago. Apesar dos golpes aplicados pelos taxistas não oficiais, vi como melhor opção para translato aeroporto-hotel. Veja mais aqui nesse link: link. Quem optar por essa opção no dia-a-dia é só ficar atento. Os táxis tem o número da placa pintado na lateral, e os motoristas geralmente estacionam em fila (como no Brasil). O aplicativo Easy-Taxi é uma boa opção, além da recomendação do próprio hotel ou restaurante.

UBER

uber.pngO Uber não é legalizado, mas se mostrou muito seguro no dia-a-dia. Todos os meus passeios fiz com esse serviço. O aplicativo é o mesmo usado no Brasil. O bom é que você sabe mais ou menos quanto vai pagar e pode acompanhar a rota via GPS (minha salvação). A média de preço foi $1.500 (maioria) a $2.700.

Dependendo da sua localização, o motorista pode te telefonar para saber se tem algum carabinero (policial) ou taxista por perto, e aí é prudente sentar no banco da frente para evitar contratempos. 

Minha única experiência ruim com Uber foi quando fui ao restaurante Como Água para Chocolate. O motorista (que tinha nota alta no app) perguntou se eu sabia como chegar. Respondi que sim (o que era uma meia verdade: de tanto ver no meu Maps eu tinha uma vaga noção de onde ficava  e já tinha andado lá perto no dia anterior kkk). Ele disse que era novato em Santiago e entrou em uma rua diferente da que o GPS indicava (aumentando a rota). Falei a ele que a rua estava errada, e disse alguns pontos de referência do caminho (não sei como lembrei kkk). Ele, então, voltou ao caminho original e fui rua a rua dizendo a ele onde dobrar. No final do passeio ele disse que não tinha troco (300 pesos). Mas no geral foi tudo bem.

CARRO ALUGADO

Resumindo: é loucura alugar um carro em Santiago. O trânsito é bem confuso, estacionamento é um sufoco. Fuja disso!

BICICLETA

Santiago tem muitos parques e ciclovias. Lá você pode entrar em contato com a empresa La Bicicleta Verde que aluga bikes todos os dias da semana, com preços variáveis. Eles também oferecem mapas com rotas recomendadas. Não sei andar de bicicleta mas deixei a dica pra quem gosta kkkkk

PERNAS

Depois de pegar o Uber para o ponto principal do meu roteiro, era “pernas pra que te quero”. Eu saia do hotel às 9h e caminhava até às 19h – todos os dias! Voltava pro hotel para um banho, dar sinal de vida pro povo no Brasil, e saia novamente as 21h pra curtir a noite no Chile (o pôr-do-sol era entre 20 e 20:30h). Se você é uma pessoa sedentária (como eu) procure fazer alguma atividade física antes de viajar para ganhar um pouco de condicionamento (foi o que eu fiz).

p-ahumada
Paseo Ahumada, Santiago, Chile. Novembro de 2016

 

Gostou? Deixe aqui seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s