◤Dia 2: Viña del Mar

Depois de passar a manhã em Valparaíso (defina manhã no Chile até o horário das 14h), partimos para Viña del Mar. São duas cidades geminadas e completamente diferentes. Cada uma tem sua beleza particular.

Enquanto Valparaíso tem um ar mais artístico e caótico, Viña del Mar seria uma princesinha de organização. Particularmente acho que prefiro o clima da primeira. No fim das contas, as duas se complementam.

20161112_135822.jpg

A primeira parada é a visita ao tradicional Relógio das Flores. Esse é o símbolo de Viña, que foi construído especialmente para dar as boas vindas à Copa do Mundo de Futebol de 1962, disputada na cidade.

20161112_141251Depois de caminhar nessa pracinha, respirar e fazer algumas fotografias, Felipe Azua sugeriu uma parada para almoçar no Castillo del Mar na orla da cidade. O lugar é lindo, tem uma vista incrível da cidade, é um castelo de verdade construído no século XIX (e frio pra caramba!).

Como tinha uma lista de espera grande (mesmo com reserva feita), não achamos interessante ficar lá. O resto do grupo ficou no restaurante com Felipe, e eu e Flávia fomos caminhar sem fim.

Caminhar é preciso, comer não é preciso (mentira, é sim hahahah mas como tínhamos pouco tempo, resolvemos beliscar comidas de rua)!

20161112_144121.jpg

Quase em frente a onde estávamos tem o Castillo Wulff, que é um monumento histórico nacional. Sua construção começou em 1906, e em 1920, foi acrescentada a “torre e uma asa de tipo inglês”. Infelizmente o lugar estava fechado para visitação, mas valeu a pena a contemplação!

20161112_144909.jpg

Se você tiver tempo e paciência, pode contratar um tour nessas coisinhas fofas! Enquanto caminhar pela orla você vai ouvir quinhentas propostas pra subir num bicho desses. (Além das ciganas querendo ler seu futuro enquanto a coleguinha tenta te roubar: mas aqui é Bahia hahahahha #FicaADica)

20161112_150740 (1).jpgCaminhamos sem fim na orla e descemos pra colocar os pés no Oceano Pacífico. Não me julguem, mas eu estava super ansiosa pra ver se era mesmo muito gelado (kkkkkkk)!

Primeiro: de Pacífico ele não tem nada. Preste atenção ao caminhar, você corre o risco de tomar um banho gelado. Segundo: frio é pouco pra descrever a temperatura dele.

Um passeio interessante é visitar o Cassino. São duas entradas, se você for pela orla, não paga nada: só o que consumir lá dentro. Achei legal! Pegamos pouco dinheiro e apostamos na roleta: aumentamos o que tínhamos em mão pra perder o excedente nos outros jogos!

 

Cansamos de perder dinheiro (e não tínhamos paciência pra enricar na roleta), e fomos andar mais um pouco. Vimos muitas coisas legais no parque ao lado do Cassino: pessoas treinando artes marciais, teatro de fantoches, pessoas fazendo pintura facial, uns rapazes treinando Parkour.

Aproveitamos pra fazer uma pausa antes de encontrar o pessoal no grupo de Felipe. Fomos na Bravissimo, porque tinha lido bastante sobre essa sorveteria! Pedimos sorvete de frutilla e galletas chilenas. Que delícia!!! Muy rico! Vale a pena ir!

Foi um dia super divertido! Caminhar sem compromisso fazendo descobertas a cada esquina ❤

 

Gostou? Deixe aqui seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s